Curriculum memorável

Currículo: descubra a melhor maneira de estruturá-lo!

Aprenda a deixar seu currículo perfeito, impossível de ser ignorado.

Cadastre-se e pegue o seu e-book agora! É grátis.

Em primeiro lugar, o currículo exato existe? Provavelmente você e centenas de candidatos já fizeram essa pergunta. Mas, depende do perfil, da vaga e da cultura da empresa. Além disso, existe sim um formato padrão. Ou seja, o layout que vai escolher. Bem como o conteúdo do documento. 

Não só esses fatores, mas a sua estrutura é importante para chamar atenção. Então, saiba como montar um currículo de forma atraente. Seja como for, esse artigo vai te ajudar. Ou seja, quer você seja um expert ou sem experiência. Leia o conteúdo completo a seguir!

Currículo: aprenda a montar de forma certa!

Desde já, estruturar um currículo ajuda a reter a atenção. Afinal, o recrutador não conhece o candidato. Logo, é importante escolher as melhores informações. Do mesmo modo, que investir num visual simples é essencial. Por isso, para ser convocado precisa ter estratégia.

Pois fará saltar os olhos do recrutador. Isto é, seu currículo será a chave para participar da entrevista. Nesse sentido, escolha um formato de acordo com a vaga. Em outras palavras, focar no perfil profissional.

Considere seu perfil e a vaga

Sobretudo, se a sua área é administrativa monte um currículo tradicional. Além disso, seja organizado, claro e objetivo. Em contrapartida, um designer precisa caprichar no layout. Seja como for, há diversos modelos que combinam com seu perfil. 

Pesquise tudo sobre a empresa

Antes de tudo, não esqueça de pesquisar sobre a organização. Sem dúvida, os recrutadores valorizam muito essa atitude. Porque demonstra interesse. Logo, você se torna um diferencial. Afinal, mostra que você sabe exatamente o que procura. 

A partir disso, o candidato ganha confiança. Portanto a pesquisa é importante. Já que auxilia a captar os valores da corporação. Logo, define o modelo exato para o seu currículo. Depois disso, basta replicar para outras oportunidades. Porque o ideal é criar um currículo personalizado para cada vaga. 

Personalize o currículo

De antemão, se ainda houver dúvida sobre o modelo, aposte no padrão simples. Isto é, com fonte de letra clássica, tamanho 12, cor preta e fundo branco. Por fim, só insira foto no currículo se a vaga solicitar. Em caso positivo, escolha uma imagem que valorize as qualidades exigidas pela empresa. 

No entanto, sempre de forma profissional. Então, deve alinhar com a função. Inclusive, opte por um fundo organizado. Além disso, nada de fotos com animais, familiares, amigos ou selfies.

Selecione o modelo de currículo adequado

A princípio, defina o modelo de currículo que valorize o perfil profissional. Em seguida, priorize as informações mais relevantes. Por exemplo, caso seja o primeiro emprego, opte por um layout simples. Isto é, sem espaço para incluir a experiência. 

Confira 4 tópicos para acrescentar no currículo 

Agora você já sabe como montar seu currículo. Agora, saiba quais tópicos incluir. Nesse sentido, a maioria dos modelos são padronizados. Então, nem todos têm espaços extras. Então, você pode complementar no documento.

1. Jovem aprendiz e estagiário

Sobretudo, a maioria não sabe preencher o primeiro currículo. Principalmente os jovens estagiários ou aprendiz. Então, no lugar do campo “Histórico Profissional” cite algumas vivências. Por exemplo, cursos extras, trabalhos voluntários ou projetos criados no ambiente acadêmico. 

Mas, essas experiências precisam revelar habilidades que agregam a empresa. Inclusive, são essas características que as organizações buscam. Isto é, acima de qualquer conhecimento, diploma ou certificações. Portanto, reforce o aprendizado que extraiu. 

2. Primeiro emprego

Assim como no exemplo anterior, foque nas qualidades. Pois eles contribuem para executar as atividades da vaga. Por exemplo, organização, disciplina, dinamismo, comunicação etc. Acima de tudo, a vaga é para atuar com pessoas. Logo, destaque a facilidade de trabalhar em equipe. Além disso, inclua o tópico “Qualificações”. Por fim, cite sobre o seu perfil de acordo com a vaga.

3. Profissional nível Pleno

Antes de tudo, o profissional que chega nesse nível tem boa experiência. Bem como sabe onde quer chegar. Por isso, crie um espaço para relatar habilidades e competências. No entanto, precisa ter relação direta com a experiência vivida.

Além disso, inclua cursos que fez. Porém, cite o que faz sentido para a vaga. Por fim, uma dica chave é descrever como contribuir para a empresa. No entanto, sempre com base nas suas qualificações verdadeiras.

4. Profissional nível Sênior

Quando o profissional chega nesse nível precisa ter cuidado. Isso porque ele já tem muitas experiências e o currículo pode ultrapassar 2 páginas. Para isso, deve incluir apenas o que é essencial para a vaga. 

Além disso, é ineficaz incluir uma experiência de uma área diferente da atual. Por exemplo, atuar na fábrica como operário, mas a vaga ser de Gestor de Projetos. A menos que o aprendizado possa agregar o cargo, comente apenas na entrevista.

Certamente não há uma fórmula mágica para conseguir emprego. Mas, você pode atrair a atenção do recrutador. Por consequência receber o convite para uma entrevista! Seu currículo está pronto para as vagas disponíveis? Clique aqui e descubra.




O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *