Primeiro emprego

A IMPORTÂNCIA DA QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL PARA O PRIMEIRO EMPREGO

Aprenda a deixar seu currículo perfeito, impossível de ser ignorado.

Cadastre-se e pegue o seu e-book agora! É grátis.

O que é qualificação profissional e qual a sua importância para o jovem?

Ter qualificação significa ter competência, capacidade, aptidão ou habilidade para realizar alguma coisa. Portanto, você está qualificado quando desenvolveu as habilidades necessárias para exercer uma atividade, seja por meio de experiências anteriores ou por meio de cursos.

O sucesso profissional depende da atitude proativa do indivíduo em qualificar-se constantemente, ou seja, quem está em busca de adquirir novas competências tem mais chances de se destacar no mercado de trabalho. Por isso, o diferencial está na determinação do profissional em agregar cada vez mais conhecimentos.

As empresas sempre buscam por profissionais qualificados, que entendem que para desempenhar bem suas funções é necessário estarem bem treinados para que sejam eficazes em aumentar sua produtividade.

A concorrência para entrar no mercado de trabalho é acirrada e as empresas apostam mais em pessoas dispostas a se manterem sempre atualizadas e preparadas para enfrentar desafios e propor soluções alinhadas às novas tendências do mercado.

Para os jovens que buscam o primeiro emprego a qualificação profissional é fundamental, porque, na maioria das vezes, ainda não possuem clareza sobre qual profissão querem seguir e, além de serem inexperientes, não possuem as habilidades necessárias para trabalhar em determinada função.

A qualificação profissional também é importante para inserir o jovem na sociedade como cidadão e como uma pessoa produtiva, aumentando sua chance de melhorar como pessoa e se desenvolver de forma plena.

Porém, é importante lembrar que, independentemente da escolha que se faz sobre a atividade que irá desempenhar, nem todo conhecimento será adquirido somente com um diploma de curso superior. Existem diversas formas de buscar qualificação profissional.

Como se dá o processo de qualificação profissional?

A busca pela qualificação profissional pode se dar de diversas maneiras, seja por cursos de graduação, especialização, extensão, cursos técnicos, cursos livres ou cursos profissionalizantes.

Além disso, workshops, treinamentos, palestras, leituras, estudos e cursos de idiomas também se constituem outros grandes aliados da qualificação profissional.

Para que a pessoa consiga identificar qual caminho seguir para se qualificar, é preciso que, primeiro, procure identificar qual área profissional quer atuar. Depois, é preciso que faça o reconhecimento de suas habilidades para, em seguida, desenvolvê-las. 

Um bom programa de qualificação profissional busca trabalhar e desenvolver as aptidões de cada pessoa por meio de ferramentas e atividades, teóricas e práticas, capazes de simular situações comuns do dia a dia de uma determinada profissão.

Além disso, a qualificação profissional a ser buscada deve levar em conta não só as habilidades demonstradas pela pessoa, mas também aspectos de sua personalidade, para que ela possa imprimir ao seu trabalho ainda mais originalidade.

O tempo de duração de uma qualificação profissional é relativo, dependerá da forma como deseja se qualificar. O ideal é que esta qualificação, principalmente para o jovem que procura o primeiro emprego, aconteça da maneira mais consistente possível, para que aumente suas chances de ingressar em uma profissão preparado e disposto a aprender cada vez mais.

Qualificação profissional é diferente de capacitação profissional

A qualificação profissional diz respeito à formação do o indivíduo para se tornar apto ao trabalho, através de cursos focados na área a qual ele deseja se estabelecer dentro do mercado ou através de experiências acumuladas até o momento que os qualificam como profissionais de certa área.

Já a capacitação profissional é um processo de melhorias contínuo oferecido pelas empresas para estimular o crescimento constante do indivíduo, visando a evolução e o desenvolvimento de suas capacidades técnicas, emocionais, comportamentais, entre outras.

De uma forma geral, a capacitação profissional refere-se a maneira que a empresa encontra de manter seus colaboradores treinados para realizar suas atividades com o mínimo possível do auxílio de outros profissionais e de forma a aumentar a sua produtividade.

As empresas mais modernas, inclusive, não possuem mais o receio de capacitar seus colaboradores e depois perdê-los para o mercado, pois entendem que quanto mais capacitado o funcionário estiver, melhor será para empresa, uma vez que estará colocando em prática tudo o que foi aprendido. 

Porém, muitas empresas simplesmente ainda não possuem capacidade para absorver, treinar e propiciar progressão profissional para quem não tem experiência profissional, ou seja, quem nunca trabalhou em alguma outra empresa na vida.Por isso, há sempre a desconfiança de muitos empregadores quanto à falta de qualificação e de maturidade do jovem profissional. Isso normalmente leva muitas empresas a dispensarem possíveis talentos, simplesmente por separar ou ignorar os candidatos com pouca ou nenhuma qualificação.

Porque é tão difícil conseguir o primeiro emprego sem qualificação profissional?

Pesquisas recentes mostram que ainda é pequeno o percentual de jovens que se preocupam em buscar qualificação profissional antes de conseguirem o primeiro emprego ou logo depois que ingressam no mercado de trabalho, porque não a consideram uma prioridade. 

Porém, segundo especialistas na área de recrutamento e seleção, a falta de qualificação profissional é uma das principais causas de desclassificação de um candidato quando participa de um processo seletivo.

Além disso, a falta de experiências profissionais anteriores é vista como um ponto negativo para quem disputa uma vaga. Para contratar uma pessoa sem experiências, as empresas geralmente consideram a falta de maturidade do candidato em lidar com desafios profissionais.

Outro aspecto que é colocado na balança é a necessidade que terá de alocar um outro profissional mais experiente, para treinar, acompanhar e ajudar o profissional novato.

A empresa avalia sistematicamente o investimento em um profissional sem experiência, uma vez que muitas delas não possuem um aporte financeiro considerável para apostar em quem não tem experiência, e acabam evitando contratar quem está à procura do primeiro emprego.

Por isso que é tão importante que o jovem que deseja ser contratado sem experiência tenha realizado algum tipo de qualificação para a área à qual está se candidatando. A qualificação, portanto, mais uma vez se apresenta como fator imprescindível para garantir melhores chances para quem busca o primeiro emprego. É extremamente relevante que os jovens tenham maior consciência a respeito da importância da qualificação.

Benefícios da Qualificação Profissional

  • Mantém você em constante atualização

Este é o principal benefício da qualificação profissional, pois oportuniza estar bem informado e munido de novas ideias e conceitos que o mundo e o mercado exigem constantemente em função das mudanças que acontecem de maneira tão rápida e das demandas que se transformam a cada dia.

  • Ensina a lidar com novos desafios

Quando você inicia uma atividade profissional você adquire novas responsabilidades e diferentes tarefas são inseridas na sua rotina, o que lhe traz novos desafios. 

Realizando uma qualificação profissional, você passa a saber administrar o seu tempo, cumprir com todas as atividades exigidas, buscar estímulos para vencer o cansaço e superar dificuldades e absorver conhecimentos.

  • Permite redirecionar sua carreira

É comum que haja alguma dúvida ou insatisfação quando você faz a escolha de qual área irá atuar profissionalmente, afinal as áreas de trabalho são muito diversas. 

Realizando uma qualificação, você pode encontrar um outro caminho a seguir e redirecionar sua carreira, ampliando, inclusive, seus conhecimentos em áreas diferentes. 

A qualificação torna-se, assim, uma solução mais prática para conseguir novas possibilidades de atuação, encontrar novos focos. A sua formação inicial não precisa determinar, de uma forma definitiva, a sua trajetória profissional.

  • Melhora sua rede de relacionamentos

Ampliar a rede de contatos é fundamental para quem quer uma oportunidade de trabalho. Muitas pessoas conseguem boas colocações por meio do networking feito durante a qualificação, ou seja, em uma sala de aula, em uma palestra ou workshop, por exemplo. Geralmente, esses ambientes reúnem pessoas que podem ser úteis para sua formação.

Você também desenvolve uma boa comunicação quando conhece novas pessoas, o que demonstra mais segurança para os relacionamentos profissionais. Além disso, a qualificação propicia a troca de conhecimento e experiências diferentes podendo contribuir para o seu desenvolvimento profissional. 

  • Otimiza o seu tempo

Administrar bem o seu tempo é um dos principais desafios para um profissional.  O planejamento de suas horas de trabalho é fundamental para realizar as atividades com a responsabilidade de cumprir prazos e metas.

A qualificação profissional possibilita aprender a fazer uma boa gestão do tempo, facilitando sobremaneira a rotina de trabalho e melhorando a produtividade, além, inclusive, de facilitar a ascensão na carreira.

  • Proporciona reconhecimento profissional

Investir em qualificação profissional nunca é um mau negócio, pois embora o retorno financeiro aconteça em médio ou longo prazo, aumenta as suas chances de ser reconhecido e ganhar visibilidade no ambiente de trabalho.

Principalmente quem busca inserção no mercado de trabalho precisa ter em mente que as empresas valorizam e reconhecem mais aqueles que possuem qualificações nas áreas que estão desejando ingressar.

Aposte na Educação a Distância (EAD) como ferramenta de qualificação profissional

A modernização das tecnologias da informação e das tecnologias digitais proporcionou o avanço da modalidade de educação a distância. Com as facilidades proporcionadas pela internet, a utilização de seus recursos não poderia deixar de ser utilizado para essa área.

Por isso, a educação a distância se tornou uma excelente ferramenta de qualificação profissional, uma vez que oportuniza a milhares de pessoas o acesso à informação e ao conhecimento.

Além disso, a educação a distância possibilitou, a quem busca qualificação profissional, estudar de acordo com sua disponibilidade de tempo, melhorando assim, sobremaneira, a rotina tão corrida da maioria das pessoas.

As principais vantagens da qualificação profissional, via EAD, são:

  • Rotina flexível para assistir as aulas;
  • Otimização de tempo;
  • Economia financeira, já que os custos com transporte e alimentação, por exemplo, tendem a ser menores;
  • Autonomia para o aluno criar seu próprio cronograma de estudos;
  • Acesso a uma enorme variedade de áreas do conhecimento.

Estudar a distância, no entanto, requer muita disciplina, organização e comprometimento, tanto da parte dos alunos, que precisam se empenhar para a eficácia de seus estudos, quanto da instituição de ensino, que precisa oferecer uma boa metodologia para garantir a aprendizagem, além de um bom suporte técnico instrucional e pedagógico.

Assim, os cursos e treinamentos de qualificação profissional oferecidos na modalidade de educação a distância representam uma opção bem mais prática para quem quer se capacitar, pois pode encontrar na internet a solução de que precisa.

A qualificação profissional para as “profissões do futuro”

Um aspecto que não pode passar despercebido por quem busca o primeiro emprego é a qualificação profissional em consonância com os desafios que as “profissões do futuro” apresentam.

Muitas profissões que existem hoje não existirão no futuro, pelo menos não da forma como se apresentam e da forma como são realizados seus processos e atividades. Muitos trabalhos passarão por mudanças e as pessoas precisarão se adaptar.

Em entrevista concedida à Agência de Notícias da Confederação Nacional das Indústrias – CNI, o Diretor de Operações do SENAI, Gustavo Leal, confirma essa estatística. Segundo ele, “toda vez que há uma mudança industrial importante o mercado se transforma e as pessoas têm que se preparar para esse novo mundo”.

Segundo Leal, para que o jovem consiga se inserir de forma qualificada no mundo do trabalho é preciso estar atento a um conjunto de conhecimentos que vem ganhando muita relevância, chamado de “soft skills”, que são “competências que têm a ver com a capacidade do jovem de ter pensamento abstrato, raciocínio analítico, de ser inovador, criativo, saber expressar suas ideias e ter capacidade de solução de problemas”. 

Ele ainda afirma que, para a área da indústria, “é importante que os jovens adquiram conhecimentos ligados às áreas de informática, programação, automação e de sensores”, pois são competências técnicas consideradas “transversais” e, independente do setor onde vá trabalhar, será importante deter esses conhecimentos. 

Por isso, o jovem precisa, desde já, se preparar para este novo mundo do trabalho para que tenha maiores chances de se tornar mais competitivo, procurando ser visto pelo mercado como um profissional de destaque, que busca qualificação constantemente.

Lembre-se: não fique parado, estagnado. Saia da sua zona de conforto e do seu lugar comum. Isso é sempre desafiador, mas é importante saber que, embora muitas vezes pareça difícil, uma vida sem desafios pode nos deixar despreparados para enfrentar condições adversas.




O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *