Mais Entrevistas

Função de atendente: como subir de carreira?

Aprenda a deixar seu currículo perfeito, impossível de ser ignorado.

Cadastre-se e pegue o seu e-book agora! É grátis.

Em primeiro lugar, o atendente é um profissional que a empresa busca. Isto é, tanto presencial, por telefone ou chat online. Sem dúvida, poucos sabem do valor dessa profissão. Inclusive até os que atuam nela, sabem do seu potencial.

De antemão, a melhor parte é que não exige faculdade. Mas, é preciso fazer cursos específicos. Porém, eles são baratos e ricos de conteúdo. Além disso, o salário inicial é atraente. Bem como as habilidades quevai desenvolver. Por isso elas contribuem para o sucesso profissional. Sendo assim, descubra neste artigo sobre essa carreira. Confira a seguir!

Atendente: entenda tudo sobre a profissão mais conhecida

Atendente

De antemão, o atendente atua em call center, lojas físicas, recepção ou área comercial. Sem dúvida, esse segmento abre portas. Porque em todas elas sempre há novos aprendizados.

Áreas de atuação do Atendente

Antes de tudo, o atendente atua como passivo ou ativo. Isto é, ele dá suporte ou tira dúvidas. Ou faz ligações para vender serviços e produtos. De qualquer forma exige constante aprendizado. 

Responsabilidades e função do Atendente

Em suma, o atendente tem atribuições diárias. Por isso, precisa se qualificar. Mas, é uma profissão promissora porque abre muitas portas. Então, ele pode ser um empreendedor. Afinal, eles dominam a comunicação. Isto é, lidam bem com os clientes. 

Logo, a sua função é apresentar produtos e serviços. Além disso, também vendem. Mas, se quiser crescer, domine habilidades e competências. Em suma, confira a seguir.

  • desenvolver a comunicação;
  • analisar planilhas financeiras;
  • identificar melhorias;
  • captar e reter clientes.

Por fim, o cliente acompanha até concluir a venda. Ou seja, se relaciona com o cliente. Além disso, planeja a carreira e atua na área comercial. Por isso, confira a lista de responsabilidades.

  • atendimento telefônico;
  • recepção;
  • apresentar produtos;
  • estocar;
  • organizar prateleiras e o ambiente;
  • receber mercadorias;
  • esclarecer dúvidas;
  • registrar reclamações;
  • zelar pelo bom atendimento;
  • prezar pela eficiência;
  • priorizar a produtividade;
  • cumprir normas e procedimento;
  • precificar produtos;
  • repor mercadorias.

No entanto, a principal função é dar suporte. Não só atender, mas ajudar também. Isto é, tanto para o c externo quanto interno. Porém, isso é possível através do SAC, chat ou atendimento presencial. Além disso, você também faz cobranças. Ou presta consultoria aos clientes.

Requisitos: competência técnica e habilidades

Antes de mais nada, faça um curso técnico. Mas, é preciso ter o ensino médio. Além disso, desenvolva habilidades comportamentais. Ou seja, seja proativo sem esperar a orientação do superior. Em outras palavras, ajude a agregar o ambiente. Pois, essa atitude contribui para o crescimento.

Isto é, não espere receber orientações para estudar. Mas, construa um relacionamento com a profissão. Ao invés de aguardar seu gerente te orientar. Por fim, desenvolva habilidades. Por exemplo, capacidade de negociar e se relacionar.

Além disso, ter motivação. Pois vai ajudar a executar bem a função. Em suma, você precisa planejar. Em outras palavras, ajude a agregar o ambiente. Pois, para ganhar destaque precisa de atitude. Então, estude para lapidar seu perfil.

Leia mais em:

Atendimento ao público: saiba se você tem perfil para esta área

Atitudes proativas para você se destacar no primeiro emprego

Ser comunicativo: erros que muitos cometem

A princípio, ser comunicativo é importante para o sucesso. Inclusive, os cursos de oratória ensinam a arte da comunicação. Além disso, você vai aprender a falar em público. Não só palestrar, mas perder o medo de conversar direto com as pessoas. Afinal, a moda dos aplicativos bloqueia a comunicação. Pois, engessam as pessoas. Então, o diálogo vira um monólogo. Ou num completo silêncio.

Porque a falta de conexão gera essa dificuldade. Logo, a interação com o cliente perde sintonia. Pois é importante saber ouvir. Além disso, ajuda na interação saudável. Por isso há solução para esses conflitos. Desde cursos até Coaching para se desenvolver. 

Aliás, poucos sabem definir uma boa comunicação. Então, é comum associá-los com extroversão. Por isso, outro erro é achar que são tagarelas. Ou seja, há pessoas tímidas comunicativas. Assim como há extrovertidos tagarelos, mas com péssima comunicação. Isto é, falam feito narrador de futebol.

No entanto, ser comunicativo é a habilidade de transmitir uma mensagem eficiente. Isto é, pessoas comunicativas trazem conteúdos de valor. Elas se expressam no momento ideal. Inclusive para as pessoas certas. Sem dúvida, são relacionáveis. Por isso, sabem se calar quando necessário.

Atendente vendedor: habilidade que abre portas!

Em contrapartida, há extrovertidos que não vendem nada. Pois ter uma comunicação boa não é falar demais. Por isso, desenvolver essa arte requer treino. Por isso, participe de palestras e faça cursos. 

Além disso, leia livros e assista vídeos. Atualmente, há uma série de conteúdos gratuitos que ajudam na carreira. Isto é, contribuem para desenvolver habilidades. Assim sendo, abrem novas oportunidades,

Atendente: saiba qual é o salário médio

Por fim, o salário médio de um atendente varia da área de atuação. Mas, quanto mais estudo, melhor. A princípio, o valor está entre R$ 1.208,00 a R$ 2.089,00. Portanto, faça cursos que capacitam atendentes. Inclusive há opções à distância que qualificam o profissional. 

Em suma, invista numa carreira que promove crescimento. Isto é, que te leve a outros níveis. Em outras palavras, que abrem portas ilimitadas. Inclusive, grandes empreendedores já foram bons atendentes. Ou seja, foram vendedores de sucesso no passado.

Quer decolar na carreira de atendente? Melhore o seu currículo e tenha mais chances de conseguir um emprego




O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *