Mais aprendizado

Está desempregado? Saiba por que a culpa não é sua

Fabiana Kampeki
Escrito por Fabiana Kampeki em 7 de junho de 2019
Está desempregado? Saiba por que a culpa não é sua
Aprenda a deixar seu currículo perfeito, impossível de ser ignorado.

Cadastre-se e pegue o seu e-book agora! É grátis.

Desempregado? Os desempregados no Brasil aumentam continuamente e talvez você esteja incluído nesse grupo. Entretanto, o problema torna-se maior, quando o período em que permanece fora do mercado se prolonga por mais um ano.

Antes de tudo, saiba que existe uma solução e que a culpa não é sua. Nesse artigo, você dará a volta por cima e passará a encarar o desemprego com outras estratégias.

Está desempregado? Saiba por que o desemprego não é a sua culpa

desempregado
Como sair da condição de desempregado? Planejamento e autoconhecimento são as chaves. Saiba mais neste artigo.

Se você se sente culpado por estar na condição de desempregado, saiba que o modelo político e econômico do Brasil, possui uma parcela de contribuição. Anualmente, diversas empresas fecham por causa dos juros e impostos. Consequentemente, os empregos têm diminuído constantemente.

Contudo, estar na condição de desempregado, pode ser uma oportunidade para encontrarmos soluções criativas e dar um salto financeiro. No entanto, é importante estar disposto à mudar hábitos, mentalidade, comportamentos e atitudes.

Saindo da condição de desempregado com a mudança de mentalidade

Quando nos deparamos com o desemprego, mesmo que haja uma parcela de culpa por parte do nosso governo, podemos transformar essa adversidade em uma chance única, de olharmos um pouco para dentro de nós.

Será que você teria encontrado esse momento para si mesmo, em algum dia, caso o desemprego não batesse na sua porta? É provável que muitas pessoas como você, tenham encontrado respostas interessantes sobre si, durante esse período.

Quando você identifica seus reais interesses e habilidades, descobre também, suas fraquezas e o que não gosta. Mesmo que pareça óbvio, muitos profissionais não percebem como andam seu desempenho na empresa.

Então, algumas pessoas acabam sendo demitidas, se sentindo incompetentes, outras permanecem na empresa à longo prazo, sem brilho nos olhos e sem direção na carreira profissional. Mas quando tornam-se desempregados se deparam com duas possibilidades:

  • Permanecer nessa jornada com os mesmos hábitos.
  • Aproveitar esse momento para transformar sua trajetória profissional.

Optar pela segunda opção é a melhor solução para a saída do desemprego. Quando praticamos o autoconhecimento, aproveitando esse tempo para refletir sobre o desempenho profissional do último emprego, encontrará novas respostas. Por exemplo:

  • Quais habilidades você precisa desenvolver?
  • Quais cursos você pode fazer, para agregar na sua carreira profissional?
  • Você se identifica com a carreira atual?
  • Quais são suas motivações?

Dicas sobre como sair do desemprego

desempregado
Desempregado há mais de um ano? Esta é a sua chance de refletir sobre sua carreira profissional e transformá-la. Leia mais.

Com o intuito de compreender sua dificuldade de recolocação ou de conquistar o primeiro emprego, é importante considerar seus pontos fortes e fracos, além dos interesses reais. Quando a crise se instala, exige de nós, sabedoria e assertividade sobre nosso rumo na carreira profissional.

No entanto, para alguns, isso soa negativo, mas para outros, como uma oportunidade de focar dedicação no próprio entendimento, para tomar uma decisão mais pontual, sobre sua carreira.

Quando escolhemos uma trajetória por objetivos contrários aos nossos interesses e habilidades, nos perdemos em dado momento. Da mesma maneira que acontece na busca do primeiro emprego, pois a dificuldade de entrar no mercado, pode ocorrer justamente pela falta de planejamento.

Em outras palavras, reflete no seu currículo, na entrevista, nas escolhas das vagas erradas e na reprovação de inúmeros processos seletivos.

Para que você possa sair do grupo de desempregados no Brasil, siga essas dicas básicas, simples, porém importantes para acelerar seu processo de contratação:

Elabore um planejamento com base no autoconhecimento

De acordo com o que foi mencionado no início desse artigo, o autoconhecimento pode parecer sem importância, na visão do desempregado. Por essa razão, foi reforçado como fundamental, a disponibilidade para mudar de mentalidade e atitude.

Mesmo que o sistema político e econômico do país não seja favorável, você pode focar em encontrar vagas que sejam totalmente ideais para sua carreira profissional. De fato, isso é possível com um bom planejamento, baseado no autoconhecimento.

Quando a sua base está em definir sua carreira pela suas habilidades e gostos, a tendência é que encontre oportunidades com muita facilidade. Pois ao saber onde deseja chegar, você sabe que algumas oportunidades podem te levar até lá.

Por consequência, terá muito mais disposição e motivação, vencendo diversas etapas, até alcançar sua meta profissional.

Procure oportunidades com alta demanda

Em segundo lugar, após definir seu ponto de chegada na carreira profissional, é momento de pensar na ação! Então, o que fazer para chegar até lá? São diversas alternativas que podem surgir na sua mente, como por exemplo:

  • Fazer cursos para obter conhecimento e atender os requisitos da vaga.
  • Fazer cursos para aprimorar no desempenho da função.
  • Começar com em função básica e crescer gradativamente.
  • Alcançar um determinado cargo, melhorar o salário e juntar dinheiro para fazer uma faculdade.

O importante é entrar rápido do mercado de trabalho

Mas para começar, o importante é estar no mercado de trabalho. Portanto, a primeira etapa é conseguir rapidamente um emprego, que pode proporcionar etapas de crescimento, preferencialmente aquela que possa ajudar você financeiramente à longo prazo ou que esteja relacionado com seus gostos e interesses.

Por exemplo: se você gosta muito de tecnologia e quer atuar nessa área, a demanda é alta. Então, você pode se candidatar e entrar imediatamente no mercado. Nesse caso, você já está construindo sua carreira, de acordo com seus gostos e habilidades.

Entretanto, existem profissionais que acabam ingressando em áreas com alta demanda, com objetivo de crescer, melhorar o salário, juntar recursos financeiros, investir em uma faculdade e finalmente, migrar de área, voltada ao que realmente gosta.

Afinal, nem todos possuem dinheiro para pagar uma faculdade e muitas vezes, para alcançar sua meta, é necessário crescer dentro de uma área. Por fim, será o trampolim para chegar no objetivo final.

Então nesse caso, pelo fato da área não ter tanta demanda, a opção foi buscar por uma que possua volume alto de vagas. Por essa razão, é fundamental o planejamento inicial, para saber onde quer chegar, sem perder a direção, por meio de seus gostos e habilidades.

Pois proporcionará motivação à você, mesmo em uma área que não se identifica. Portanto, vagas com alto volume de contratação, pode ser uma porta muito mais fácil, para sair do desemprego e criar oportunidades para construir sua carreira.

Embora o desemprego não seja sua culpa, conforme leu nesse artigo, é possível encontrar soluções criativas. A partir do autoconhecimento e um bom planejamento. Gostou deste artigo? Então, compartilhe!

Olá,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se e pegue o seu e-book agora! É grátis.

APRENDA A DEIXAR SEU CURRÍCULO PERFEITO, IMPOSSÍVEL DE SER IGNORADO.