Primeiro emprego

COMO SE PREPARAR PARA O MERCADO DE TRABALHO DAS PROFISSÕES DO FUTURO

Aprenda a deixar seu currículo perfeito, impossível de ser ignorado.

Cadastre-se e pegue o seu e-book agora! É grátis.

 FIQUE ATENTO ÀS PREVISÕES PARA O FUTURO NO MERCADO DE TRABALHO

A pergunta mais recorrente no mundo corporativo atualmente é: como será o mercado de trabalho do futuro? E não se trata de um futuro distante, muito pelo contrário. 

 

A dúvida, que é latente para a maioria das pessoas, é sobre um futuro muito próximo, pois as mudanças nessa área estão acontecendo numa velocidade assustadora.

Mesmo que não seja possível prever novas demandas profissionais com uma precisão matemática, é possível presumir, com dados estatísticos, os rumos que o mercado tomará nos próximos anos.

Estamos falando das profissões que surgirão, mas também daquelas que poderão não existir mais daqui a algum tempo, pois a dinâmica do mercado aponta para isso.

Nesse cenário, a formação acadêmica passa a ser apenas uma complementação da carreira profissional, pois as pessoas estão redirecionando as suas atividades, como um engenheiro que muda para a área de finanças, por exemplo.

Uma mudança muito significativa no mercado de trabalho está acontecendo com o avanço tecnológico proporcionado pela Quarta Revolução Industrial, ou Revolução 4.0, e está sendo muito mais rápida, abrangente e impactante que as anteriores.

Essas mudanças, que estão provocando a substituição de muitos postos de trabalho, vêm ocorrendo principalmente na área de tecnologia e a Revolução 4.0 mostra isso com muitas novidades: computação em nuvem, internet das coisas, big data, robótica, impressão em 3D.

Porém, não somente os modelos de negócios sofrem mudanças, mas os profissionais exigidos pelas empresas também. Todos que desejam obter sucesso nesses novos tempos, terão que absorver essas mudanças.

Por isso, esteja atento às novidades, principalmente as econômicas e políticas, pois elas são as que mais impactam no mundo do trabalho. Procure também observar o que a concorrência anda fazendo e como você pode se destacar perante ela.

PRINCIPAIS FATORES QUE INFLUENCIARÃO AS MUDANÇAS NO MERCADO DE TRABALHO

Sempre é possível fazer previsões sobre alguma coisa, e com o mercado de trabalho não é diferente. O avanço da tecnologia, as alterações das leis trabalhistas, o “novo normal” imposto pela pandemia, as mudanças políticas e econômicas, são fatores que dão embasamento para as pesquisar estatísticas sobre o futuro do mercado de trabalho.

Mesmo que as previsões não se confirmem em sua totalidade, estudos mostram, por aproximação, que existem tendências do que o futuro reserva. Por isso, acompanhe a seguir os principais fatores que influenciarão ou determinarão o que vem por aí.

  • Era da automação

Segundo o relatório da McKinsey & Company, líder mundial em consultoria empresarial, cerca de 50% das atividades de trabalho são tecnicamente automatizáveis. Isso significa que, até 2030, quase 16 milhões de postos de trabalho, no Brasil, poderão ser substituídos por máquinas. Somente as pessoas com boas habilidades tecnológicas terão chance de se adaptarem.

  • Trabalho remoto

A reforma trabalhista regulamentou o home office e trabalhar em casa já se tornou uma realidade. A tendência agora é aumentar as contratações futuras com esse modelo de trabalho. Assim, é importante estar preparado para encarar essa “nova” maneira de desenvolver suas atividades, adaptando-se a novos ambientes e cuidando para não deixar de ser produtivo.

  • Multidisciplinaridade

Pessoas que possuem tanto competências técnicas como comportamentais se destacarão e serão prioridade na oferta de emprego. De acordo com pesquisa realizada pelo LinkedIn, as habilidades mais visadas pelos empregadores brasileiros estão relacionadas a tecnologias digitais, mas essas não serão as únicas qualidades valorizadas. Capacidade de comunicação, trabalho em grupo, inteligência emocional e liderança são diferenciais para o mercado de trabalho.

  • Novas carreiras

Segundo estudo do SENAI – Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, mecânico de veículos híbridos, técnico em impressão de alimentos, analista de internet das coisas e técnico em automação predial, são profissões que estarão em alta na Indústria 4.0. Mas não só as carreiras na área industrial trazem novidades. Arquiteto de informação, redator e editor de conteúdo, analista de mídias sociais, analista de marketing digital, entre outras, são algumas novas profissões criadas com a revolução do acesso à internet.

QUAL É O MODELO DE PROFISSIONAL QUE AS EMPRESAS BUSCAM COM A NOVA RECONFIGURAÇÃO DO MERCADO DE TRABALHO?

Apesar da grande quantidade de demissões que ocorreram durante a pandemia, e que provavelmente ainda estão por vir, o que se espera é que, após o período mais crítico, muitas organizações retomarão as contratações. 

O avanço da tecnologia e a crise econômica se impõem para mudar a situação atual. Segundo especialistas nada será como antes, pois uma nova força de trabalho vem surgindo com o caos que vivemos e pelo qual passamos no Brasil.

E quem deseja ingressar no mercado de trabalho precisará estar preparado para o novo formato das relações trabalhistas. Será preciso se movimentar para criar ou participar de espaços produtivos e alternativos.

Como já foi pontuado, muitas profissões estão surgindo mediante a nova realidade e, com isso, o perfil dos novos profissionais ainda está sendo moldado e alinhado com a nova dinâmica do mercado. Por isso, se preparar e conhecer as tendências é primordial.

O mercado vive uma grande instabilidade e exige do profissional uma visão mais clara e ampla sobre a área em que atua, ou seja, exige que tenha uma visão estratégica para propor ideias que estejam alinhadas tanto com os objetivos da empresa quanto com a realidade da profissão.

Nesse cenário, o profissional especialista, com conhecimentos apenas em uma única área, não será tão atrativo aos olhos dos recrutadores, a menos que tenha uma visão estratégica e saiba lidar com outras áreas além da qual ele se formou, mesmo que de forma paralela ou indireta.

O novo profissional precisará ter visão e atuação sistêmica, ser capaz de visualizar o contexto de forma integral. Terá que ser um profissional mais completo, mas com bases sólidas na sua especialidade para gerar mais valor.

Essa fase pode ser apreensiva, mas é preciso otimismo. A atitude mais assertiva é olhar com olhos de positividade a ruptura de modelos engessados e tentar encarar de maneira mais natural todas as mudanças pelas quais estamos passando até o mercado de trabalho se consolidar.

PREPARE-SE PARA AS PROFISSÕES DO FUTURO

Com o ritmo acelerado do crescimento da população, da crise econômica e das soluções automatizadas, é inevitável que a procura por trabalho continue sendo maior que a oferta.  

E essa tendência permanecerá mesmo depois da crise, quando as ofertas de vagas voltarem a crescer. Isso faz com que as empresas estejam mais exigentes e busquem profissionais que se diferenciem. 

Para que os profissionais se adaptem à nova realidade, o mercado de trabalho atual exige características comportamentais mais específicas como conhecimento do negócio, flexibilidade, saber trabalhar em equipe, e, fundamentalmente, estar inteirado da tecnologia.

Independente da sua área de atuação, é preciso se manter competitivo para garantir as melhores oportunidades. Mas sem preparação isso não será possível. É preciso ser proativo e investir nas competências e habilidades necessárias para acompanhar as mudanças.

Isso significa inteirar-se sobre big data, business intelligence, internet das coisas, inteligência artificial e outros conceitos que já fazem parte do dia a dia das empresas. 

Uma formação de qualidade é o primeiro passo, mas é preciso ir além. Realizar cursos de atualização na sua área de atuação, ter fluência em outros idiomas, conhecer e lidar com tecnologia, desenvolver um perfil empreendedor, são exemplos de novas práticas que te ajudarão a se adaptar aos diferentes movimentos e mudanças e, claro, conquistar seu lugar no mercado de trabalho.

COMO ADQUIRIR AS QUALIDADES EXIGIDAS PELO MERCADO PARA AS PROFISSÕES DO FUTURO?

Se adaptar às mudanças é um grande desafio, principalmente para os jovens que estão iniciando a carreira profissional. Porém, eles trazem características que os favorecem, que é a energia e vontade de aprender, além da facilidade em lidar com tecnologia.

Para compensar um currículo enxuto existem caminhos que interessam aos empregadores, como o investimento em sua formação com cursos extracurriculares como de idiomas, informática ou específicos na área em que você deseja atuar. Isso torna um diferencial importante na hora da contratação.

O primeiro passo é reconhecer e desenvolver suas habilidades

Comece analisando e enumerando quais são as suas habilidades e experiências pessoais que podem fazer parte do seu currículo e ser um diferencial na concorrência por uma vaga.

Algumas habilidades bem avaliadas e valorizadas pelos recrutadores são boa comunicação e facilidade em trabalhar em equipe. Mas não se esqueça que trabalhos voluntários, trabalhos temporários ou mesmo trabalhos “freelance” contam muitos pontos. 

Habilidades comportamentais e a inteligência emocional são fortes pré-requisitos diante do novo cenário trabalhista e é importante que você fique ligado em suas principais aptidões para que possa tomar proveito delas.

Os recrutadores valorizam muito algumas habilidades comportamentais e entre as mais exigidas estão: produção de conhecimento, bom humor, automotivação, criatividade, relacionamento interpessoal liderança e possuir planos para o futuro.

Além dessas habilidades, percebe-se a crescente demanda pelo desenvolvimento de competências emocionais como o autoconhecimento, adaptação às transformações organizacionais e sociais, e visão e atuação sistêmica, que ultrapassa a competência técnica.

Mas não só habilidades comportamentais tem peso na hora da seleção. É preciso ter habilidades técnicas que possam contribuir de forma significativa para a empresa. Você precisa, por exemplo, estar treinado para fazer uso de ferramentas básicas da tecnologia.

Mas tenha cuidado e use sempre o bom senso para não colocar qualquer atividade no seu currículo, sem nenhuma relevância com o trabalho para o qual está se candidatando, pois isso pode deixa-lo confuso e fora do perfil da vaga oferecida. 

O segundo passo é qualificar-se! Boa formação é essencial para o perfil profissional

Pense que, além de você, centenas de outras pessoas também estão na corrida por uma vaga de trabalho e, por isso, é preciso se destacar no meio de toda essa mão de obra disponível. Isso é possível qualificando-se!

Ter uma graduação em nível superior é muito importante, pois uma boa formação profissional é a primeira característica analisada em um currículo. Muitas empresas analisam, inclusive, a faculdade/universidade que o candidato se graduou, pois sabem que boas instituições de ensino exigem que seus estudantes desenvolvam habilidades que os preparem para um mercado cada vez mais competitivo em relação ao perfil profissional.

Mas só ter um curso de nível superior não garante seu ingresso no mundo profissional, ainda mais nessa perspectiva de mudanças no mercado de trabalho.

Como já dito anteriormente, é preciso realizar desde cursos na área de tecnologia e idiomas até outros que tenham utilidade para as organizações, como workshops e palestras sobre oratória e desenvolvimento da imagem pessoal, por exemplo.

Considere a possibilidade de realizar um desses cursos a fim de ser mais bem remunerado e entrar mais facilmente para o mercado de trabalho. 

Atualmente, existem vários cursos técnicos em várias áreas de atuação que proporcionam adquirir e desenvolver diversas habilidades no curto e médio prazo e que podem aumentar bastante a sua empregabilidade. 

O terceiro passo é escolher bons cursos

Ciente de que você deve identificar suas habilidades e procurar qualificar-se para aprimorar essas habilidades de forma que possa estar alinhado com o trabalho que você deseja realizar, o próximo passo é escolher bons cursos.

Para ser bem-sucedido profissionalmente, priorize cursos que permitam a aplicação prática no seu dia a dia e que o deixarão mais preparado para o mercado de trabalho.

A falta de tempo ou não ter como investir financeiramente para ter acesso a bons cursos não pode mais ser um impedimento para você estudar e evoluir, pois existem muitas maneiras acessíveis para se qualificar hoje em dia. 

No trilhasdosucesso.com.br você encontra vários cursos que oportunizarão o seu crescimento e a sua qualificação para se destacar no mercado de trabalho. 

São cursos a distância, reconhecidos pelas autoridades educacionais e com certificação, os quais você terá oportunidade de realizar de onde quiser e quando quiser, realizando apenas uma assinatura mensal simbólica. 

Se você não tem experiência e nenhuma formação superior para colocar em seu currículo, essa pode ser uma boa oportunidade de se tornar mais competitivo, pois terá acesso a uma série de cursos de excelente qualidade que te darão possibilidade de conseguir seu primeiro emprego de forma mais rápida. 

Lembre-se sempre que estão ocorrendo mudanças rápidas e significativas no mundo corporativo, com o surgimento de muitas novas profissões, que exigem novas habilidades dos profissionais. Estar preparado para essas mudanças fará com que você saia na frente para conquistar seu espaço!




O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *