Curriculum memorável

Vagas de emprego: nunca faça isso no curriculum!

Fabiana Kampeki
Escrito por Fabiana Kampeki em 24 de junho de 2019
Vagas de emprego: nunca faça isso no curriculum!
Aprenda a deixar seu currículo perfeito, impossível de ser ignorado.

Cadastre-se e pegue o seu e-book agora! É grátis.

Vagas de emprego, exigem preparo, antes de se candidatar desesperadamente. Mesmo que você se candidate para centenas de vagas ao mesmo tempo, você já reparou, que recebeu pouco ou nenhum retorno?

Talvez o erro esteja justamente, na sua forma de apresentação, seja no curriculum ou no preenchimento de formulários dos sites, para se candidatar.

Então, neste artigo, foi separado dicas importantes, de erros que devem ser evitados, em seu curriculum. Após seguir todas elas, certamente, haverá muito mais chances, de ser convocado! Acompanhe essa leitura até o final e coloque em prática, imediatamente!

Vagas de emprego: descubra 12 dicas que você não deve cometer, ao enviar seu curriculum

Vagas de emprego
Você sabe quais são os erros mais comuns, na hora de concorrer à uma vaga de emprego? Descubra aqui e veja se você também, comete esses erros básicos!

Vagas de emprego: invista tempo para se dedicar, na elaboração de seu curriculum e evite esses erros fatais:

1.  Descreva o resumo ou qualificações de forma objetiva

Quando preencher curriculum em sites, muitas vezes, há um campo para escrever sobre um resumo ou qualificações. Porém, muitos candidatos cometem erros, se auto elogiando ou relatando suas habilidades.

Mas, deixe esse momento, para apresentar durante a entrevista presencial, por meio de resultados anteriores que você teve em alguma vivência pessoal, seja em bico ou trabalho voluntário.

Pois as habilidades e qualidades são avaliadas pelo próprio recrutador. Portanto, disponibilize informações objetivas, que comprovam sua qualificação.

2. Seja objetivo na função

Logo que criar seu curriculum, deve inserir o objetivo no topo, com apenas uma única opção. Pois é comum, os candidatos incluírem, até três opções!

Quando o recrutador se depara com essas informações, dá preferência, para quem disponibiliza informações claras e assertivas. Ou seja, deve conter apenas uma opção, evitando assim que seu curriculum seja descartado logo de cara.

3. Evite esse erro básico, ao se candidatar para as vagas de emprego!

Mesmo que você possua muitas experiências pessoais, em diversas atividades como: monitoria de crianças, trabalho voluntário, bico em restaurantes e finais de semana, selecione apenas 3 delas. No entanto, opte por aquelas que realmente, podem agregar à função.

Por exemplo: se a vaga exige habilidade de liderança e você atuou com monitoria de crianças, pode ser uma excelente opção, para incluir no curriculum.

4. Na hora de se candidatar às vagas de emprego, não esqueça desse detalhe!

Também é muito comum, o candidato não informar datas de saída no curriculum, ou incluir datas aproximadas. Então, o ideal é que você dedique um tempo, para lembrar dessas datas.

Mesmo que sejam apenas bicos, ou trabalho temporário de 3 meses, busque ser pontual, nas datas de início e término.

Quando você deixa de colocar esses dados, de qualquer maneira, o recrutador perguntará, presencialmente. Mas, quanto mais o candidato apresentar informações necessárias, e não em excesso, no curriculum, menos chances de ser desclassificado, durante a triagem.

5. Ordene corretamente!

Além das datas de início e término das experiências, você também precisa ordená-las adequadamente! Pois é muito comum, o candidato colocar na ordem inversa. Então, o correto é sempre na ordem decrescente, ou seja, incluir da última experiência à primeira!

Então, disponibilizar essas informações na ordem correta, demonstra também, que você é um candidato proativo, que pesquisa e se preocupa com sua postura profissional, que começa na apresentação do curriculum.

6. Não disponibilize essas informações, quando se candidatar às vagas de emprego!

Quando, você criar seu curriculum, lembre-se que é como se fosse uma carta de apresentação, logo, não é uma inscrição. Sendo assim, não é necessário disponibilizar essas informações:

  • RG.
  • CPF.
  • Data de nascimento, apenas idade.
  • Endereço completo, incluindo numeração e apartamento.

Por motivos de segurança e principalmente por ser irrelevante ao recrutador, essas informações não devem ser disponibilizadas.

7. Evite exageros!

Antes de mais nada, evite exageros e principalmente, mentiras. Pois os recrutadores checam todas as informações e durante a entrevista presencial, eles podem avaliar se realmente, você possui as habilidades afirmadas por você.

8. Vagas de emprego: e quando exigem foto?

vagas de emprego
Quando se candidatar às vagas de emprego, uma dúvida muito comum é: coloco ou não, foto no curriculum? Descubra essa resposta aqui!

Raramente as vagas de emprego, exigem foto, exceto para atividades que envolvam público e que de fato, seja importante par ao processo seletivo. No entanto, caso seja solicitado, jamais coloque fotos em contextos pessoais, pois pode gerar uma impressão negativa.

Então, prefira sempre roupas adequadas com postura profissional, durante as fotos. Além disso, escolha um fundo liso.

9. Erro gramatical durante a candidatura!

Quando você se candidatar às vagas de emprego, seja cauteloso ao elaborar seu curriculum. Pois erros de português, podem ser determinantes para a sua desclassificação.

Então, consulte corretores gramaticais ou peça para algum profissional, efetuar a revisão e correção para você, antes de se candidatar.

10. A famosa pretensão salarial, o que colocar nas vagas de emprego?

É provável, que você já teve essa dúvida! Mas, disponibilize a pretensão, somente quando a descrição da vaga exigir. Normalmente, é solicitado que informe no corpo do e-mail ou em fichas cadastrais.

No entanto, mesmo que não seja solicitado, muitas empresas entram em contato, para pedir essa informação.

Portanto, já tenha em mente, qual a sua pretensão salarial, com base no mercado. Então, faça pesquisas e informe um valor aproximado, nem muito abaixo, nem muito acima.

Antes de mais nada, tenha bom senso e reforce seu interesse maior, em aprender e não apenas, no salário e benefícios.

11. Cuidado com textos apelativos

Quando a empresa fornecer uma ficha cadastral, seja no site ou presencialmente, tenha cuidado ao preencher um campo sobre resumo ou carta de apresentação. Portanto, jamais, descreva textos apelativos, como se estivesse desesperado pelo emprego.

Pois, por mais que você possa estar realmente precisando dessa oportunidade, será considerado diferencial, o candidato que transparecer suas habilidades e uma delas, é o domínio próprio.

12. Seja específico em apresentar seus anseios profissionais

Quando escrever sobre você ou fazer uma carta de apresentação, seja sempre específico, no seus interesses profissionais.

Então, demonstre como pode colaborar para empresa, com seu conhecimento e habilidade adquirida, em suas experiências, mesmo que tenha sido em trabalho voluntário, ajudando a mãe na loja, bicos no supermercado etc.

Então, não dê informações vagas, como “Meu objetivo é contribuir para a empresa expandir, por meio do meu serviço”, mas sim, com mais objetividade. Por exemplo: pretendo aprimorar minha habilidade de comunicação, caso a função principal da vaga, seja voltado à comunicação.

Nesse artigo, você aprendeu o que não deve fazer ao enviar seu curriculum e agora está preparado para analisar, corrigir e evitar ser desclassificado! Gostou desse artigo? Então, compartilhe!

Olá,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se e pegue o seu e-book agora! É grátis.

APRENDA A DEIXAR SEU CURRÍCULO PERFEITO, IMPOSSÍVEL DE SER IGNORADO.